Equipamentos e softwares

As tecnologias que adotamos são as mais recentes do universo da radioterapia

Aparelhos de última geração

Referência em inovação e em excelência no tratamento radioterápico, o IRV é a única clínica no Espírito Santo que usa as técnicas IMRT (Radioterapia de Intensidade Modulada) e Rapid Arc (Tratamento Volumétrico Ultrarrápido). Além disso, disponibiliza com exclusividade no Estado o aparelho Acelerador Linear, que realiza a radioterapia guiada por imagem (IGRT).

  • Acelerador Varian

    O Instituto de Radioterapia Vitória (IRV) coloca à disposição dos pacientes um complexo tecnológico que inclui dois aceleradores lineares de última geração. Esses equipamentos usam eletricidade para gerar raio X de alta energia em vez de cápsulas de cobalto, e capitaneiam a evolução dos tratamentos. Eles permitem o uso das técnicas e dos sistemas que seguem o modelo contemporâneo de radioterapia, que preconiza a aplicação da dose maior possível nas células cancerosas e a preservação dos tecidos sadios.

  • Sistema de Gerenciamento Ária

    Sofisticado programa de computador que controla o equipamento de radioterapia (acelerador linear) para que seja liberada com precisão a dose planejada, bloqueando qualquer ação indevida.

  • Sistema de Planejamento Eclipse

    Considerado pela comunidade oncológica uma das ferramentas de planejamento mais sofisticadas do mundo, possibilita projetar e avaliar em três dimensões o que será feito no tratamento. O IRV é a única clínica no Espírito Santo a utilizá-lo.
    O Eclipse envia os dados corretos para que o acelerador linear molde a área do tumor a ser tratada com grande precisão, preservando os tecidos sadios e minimizando os efeitos colaterais da radiação.

  • Sistema de Planejamento IMRT

    IMRT (Radioterapia de Intensidade Modulada do Feixe)

    Tecnologia de elevada precisão que permite isolar com exatidão a área do tumor a ser tratada, possibilitando a aplicação de doses de radiação com intensidades diferentes num mesmo local.

  • Sistema de Planejamento Rapid Arc

    Rapid Arc (Tratamento Volumétrico Ultrarrápido)

    Essa tecnologia propicia elevada eficácia na definição da dosagem em torno dos alvos, preservando significativamente os órgãos sadios próximos ao tumor. Ao controlar automaticamente a velocidade de rotação do braço da máquina, o sistema permite a passagem da radiação em pequenas aberturas, com foco muito preciso. Desta forma, toda a área a ser tratada é abrangida.

Radiocirurgia Estereotáxica

É uma técnica indicada para tratar tumores pequenos. Pode ser usada para câncer primário de pulmão e também para a metástase em pulmão, fígado, linfonodos, coluna e outros órgãos. Esse tipo de radioterapia e feito num tempo menor do que a convencional. Equipamentos especiais são utilizados para atingir o alvo com precisão. A técnica é conhecida também por outros nomes: Radioterapia estereotáxica corporal, Radiocirurgia extracraniana, Radioterapia extracraniana e Radioterapia estereotáxica ablativa.